domingo, 19 de dezembro de 2010

MANCHETE DO DIA: “Professor é uma profissão para quem tem classe”

PEREGRINO GOSTOU – DE saber que os coleguinhas estarão reunidos logo mais á tarde no Jeca Tatu, para Confraternização da Imprensa. Êba!
PEREGRINO NÃO GOSTOU – DE certos estudantes da rede particular de ensino que acham que podem desrespeitar os professores. Humpft!

IMPACTO: “A receita para o sucesso espiritual exige a obediência à Palavra de Deus.”



POR falar em confraternização da Imprensa, uma pose dos coleguinhas Luiz Carlos Novais “Peré” e o filho Júnior, Natalino Gonçalves, Léia Oliveira, Edmilson Guimarães “Xuxa” e Alexandra

NAS Malhas do Karoba, Estevim (by Café Diplomata) ladeado pelo vereador Valcir da Ademoc e Alex

OS velhos colegas da imprensa (by e bota velhos nisso), Felipe Gabrich e Eduardo Lima


ONDE FOI PARAR A PERUCA DA PERUA??

MEU QUERIDO, O que vale é a manchete! Bafom que a minha confidente com trânsito livre na high, med e baich society, Chiquinha Bafonilda, me contou e que merece registro. Para ilustrar o fato vamos recorrer aqueles velhos ditados, a noite é uma criança e o... não tem dono. Pois é, my people, night dessas ai, figurinha que faz diumtudo para galgar as trilhas do high society, deu o maior vexame num concorrido enlace. Pasme people, a figura depois de fazer um verdadeiro rabo de galo com o mistureba de bebidas, não deu outra, acabou apagando no sofazão da casa. A meninada que brincava por lá resolveu aprontar com a perua e de repente, um foi puxar o cabelo e descobriu que era uma peruca. E como todos sabem as crianças tem aquela inocência que chega a ser cruel, arrumaram um cachorrinho e colocaram a peruca no animalzinho, e saíram puxando-o pelo salão de festa e assustando os convidados que pensaram que eram um bicho. De repente, não mais que de repente, a dublê de emergente acordou e foi direto ao toilete, mas quando se viu no espelho quase teve um tanguá e querendo saber: “onde está minha peruca?”. Pois é, para não dar mais vexame, colocou um lenço na cabeça e saiu dali igual um peido, pegou o seu carro e tchau mesmo. Resumo da opera: no day after, ao acordar com aquela ...uta dor de cabeça e ressaqueada, a empregada lhe entregou um presente, quando abriu descobriu aquilo que não queria acreditar, que os outros a viram sem a peruca e um recadinho dos donos da casa, onde aconteceu a festa, pedindo desculpas pela traquinagem da criançada que tirou a sua peruca e colocou no cãozinho. E vamos que vamos!



MUSAS DO KAROBAA linda cowgirl MARCELLA MATTOS


TEIAS & COSTURAS

DR – Night dessas aí, numa boate da city, flagrei um conhecido casal frequentador das baladas no maior DR (by Discutindo Relação). Pasme, people, só de ver o casal Discutindo Relação já me deu uma vontade de ir embora. Ninguém merece!

PERIGUETE – Por falar em balada, tem uma periguete na city que é tão safada mas tão safada que quando ela está em pé, é porque está descansando. Manera aí, né frurfru?!

GOELA – Famoso bicão da city, que é o maior goela seca, só para de comer quando sente na boca algo crocante... ou seja, o prato! Toma termo merda!

BLÁ blá blá abobrístico feito dia desses aí pelo gorutubano coleguinha Zé Gui e que merece registro: “Karoba, pode contar comigo para o que precisar, não sendo nem dinheiro nem favor...” Scresh!!

MEMÓRIA – Depois de anos degustando a apreciadíssima mortadela, só agora é pude perceber o quanto que ela é boa para memória. É verdade, você come ela pela manhã, à tarde arrota e lembra do que comeu. Içá!!

CÂMARA – Vem aí, mais uma eleição para presidência da nova mesa diretora da edilidade Figueirense. De um lado Nem, que não é neném, mas sim o Marcos; do outro lado, o Valccir da Ademoc. A pergunta que não quer calar quais serão os trairão na hora H e os que ficarão em cima do muro? Vamos aguardar os próximos capítulos.



VOCÊ SABIA QUE...




FOTORISO


RAPIDINHA & CRETININHA

Há muito tempo, quando os galeões singravam os mares, um capitão e sua tripulação estavam para serem atacados por um navio pirata.
Quando a tripulação ameaçou entrar em pânico, o Capitão ordenou ao Imediato:
— Traga-me minha camisa vermelha!
O Imediato trouxe rapidamente a camisa vermelha do Capitão. Ele a vestiu e liderou a tripulação na batalha contra os piratas. Embora algumas baixas tivessem ocorrido, os piratas foram repelidos.
À noite, os homens estavam sentados no convés relembrando o evento do dia, quando um marujo olhou para o Capitão e perguntou:
— Capitão, por que o senhor vestiu sua camisa vermelha antes da batalha?
O Capitão, olhando para o marujo de uma forma que somente um capitão sabe fazer, exortou:
— Se eu fosse ferido na batalha, a camisa vermelha impediria que se visse o sangue, e vocês, homens, continuariam a lutar valentemente.
Os marinheiros ficaram em silêncio, rendendo homenagem à coragem deste homem.
Na manhã seguinte, apareceram dois navios piratas querendo abordar o galeão. A tripulação começou a entrar em pânico, mas o Capitão, calmo como sempre, ordenou:
— Traga-me minha camisa vermelha!
Mais uma vez, o Capitão e sua tripulação repeliram o ataque dos dois navios piratas, embora as baixas desta vez fossem maiores.
Mais tarde, entretanto, os piratas se rearmaram, e apareceram dez navios para enfrentá-los. Os homens ficaram em silêncio e olharam para o Capitão, esperando a ordem. O Capitão, calmo como sempre, ordenou:
— Traga-me minha calça marrom!


CHARGE DO DIA


ABRAÇOS

FINALIZANDO A COLUNA desta sexta-feira de meu Deus, abraços para Eduardo Brasil, Cristina Santos, Aldeci Xavier, Lívia Turano, Oscar Schmith, Martha Gomes, Alex Tuta, Beatriz Azevedo, Zé Maria de Almeida Costa, Sophie Charlotte e John Faprau. Segunda-feira tem mais. Bye!


QUEM LÊ A COLUNA O coleguinha ZÉ MARIA COSTA é leitor assíduo da coluna e karobano de carteirinha. Presença garantida na “NOITE BREGA DO KAROBA” 2011. Ôba!


GRAN FINALE

“E de repente a vida te vira do avesso, e você descobre que o avesso é o seu lado certo.”