sexta-feira, 2 de julho de 2010


A charmorrerrima Janaína Rangel e a sua bel filha Emily Fabiane



ENQUANTO isso lá no aeroporto.... Dé Selim (by Jeito Mineiro) se despede dos figueirenses para seguir viagem no seu jatinho particular, para uma turné nas “oropas”, começando por Patis (by não confundir com Paris) e Lontra (by não confundir com Londres)

Quem está entrevistando quem? Giu ou Débora Ribeiro? Ou as duas alternativas acima? Carta para redação

IMPACTO: “Terra — o território de provações; céu — o território das alegrias.”


O coleguinha Arthur Júnior ladeado pelos confrades Waldeir Marcelus e JJ (by das Cobras & Lagartos)

JOVENS FAZENDO CAMINHOS INVERSOS

ATENÇÃO ATENÇÃO PERIFERIA! O Peregrino da notícia quer mandar um recado para os papais karobanos e as mamães karobanas em relação aos seus filhos. Tenho conferido por aí alguns jovens fazendo caminho inverso em relação à religião. Enquanto uns estão se convertendo e deixando o mundão das drogas e da devassidão do sexo, outros estão fazendo o caminho inverso. É triste ver garotas ainda adolescentes se prostituindo e sendo mamães na flor da juventude, e outros garotões sendo contaminados pelo vírus HIV. Na minha modéstia opinião, esse turbilhão de coisas vem acontecendo porque estão faltando nos lares aquela palavrinha mágica “diálogo”. Os pais precisam conversar mais com os seus filhos e mostrá-los o que é certo e o que é errado. Tocá-los e olhar em seus olhos. Mostra que você é mais amigo dele do que os “vagabas” que ficam em cada esquina esperando uma oportunidade para aborda-los e levá-los para o lado negro da força. A base para toda relação é como uma casa, começa pelo alicerce. Então vamos fortalecer esse alicerce de relacionamento entre pai e filho para combater o mal que vem sempre travestido de bonito por fora mas que no seu contudo só tem dor e tristeza e desespero para os pais, filhos e familiares.
E vamos que vamos!

MUSAS DO KAROBA - A musa da TV, a atriz LAVÍNIA VLASAK





TEIAS & COSTURAS

NIVER DE JACK – A charmorrerrima e competente jurídica Jacqueline Melo foi homenageada nessa quinta-feira 24, pelo maridão Ariovaldo Melo, parentes and friends, por mais um ano de vida. Jack, feliz aniversário, parabéns e longa vida!

SINAL – A falta de fé em Deus parece que está fazendo parte do dia-a-dia de alguns personagens desta terra de Cabral. È só conferir nas maldades que alguns adultos praticam contra as nossas criancinhas. Para os que não conhecem as Sagradas Escrituras um aviso do Peregras, são os sinais dos finais dos tempos. Fui!

FLAGRANTE – Bolachinha nheco nheco chique chique balancê foi fotografada na Parada G de Sampa, dando o maior selão numa colega. Pior é que as fotos foram parar num desses sites LGBT e ela está cagando na calcinha com medo que os papais and brothers descubram a sua verdadeira identidade. Abafa o caso!

BLÁ blá blá abobrístico feito dia desses ai pelo competente fotografo Jailson Alencar e que merece registro: “Karoba, Dunga só convocou o Grafite pra que ninguém fique desapontado”. Zapt!!

PALAVRA – Antes a palavra valia mais que a assinatura. Atualmente nem a palavra e nem a assinatura estão valendo alguma coisa. As assinaturas em cheques então... Minhoca lá!!

ELEIÇÃO 2010 – Tenho me convencido a cada dia que os apoios das lideranças políticas aos candidatos que participarão da corrida eleitoral serão para quem dá mais... dindin. Quem esperar a fidelidade política por parte da companheirada vai levar xumbrega.

APOIO – Por falar em eleição e em apoios, dia desses aí, em concorrido aniversário de um karobano de plantão, conferi in loco um verecas declarando apoio a três candidatos. Será que ele tem tantos votos assim para dividir para três? Cartas para redação.

“ULTIMATUM” – Nas ondas karobianas a informação que chega é que a sogrona de Valdisnei patrício (by nome fictício) amarrou a lata nele e botou para cantar n’outra freguesia. Enquanto não arrumar um emprego e colocar dindin em casa não vai mais comer mais nada por lá. Nem a esposa. Virge!!

HEMATOMA – Bem que aquela bibinha quá quá do tindolelê tindolalá tentou disfarçar o hematoma no olhão esquerdo futebol clube, com um óculos escuro. Mas os coleguinhas da repartição acabaram descobrindo o motivo, causa e circunstância do roxão no olho. Mesmo com ela jurando de pés juntos que foi uma topada que deu na porta da sua casa. Pois é, a topada foi n’outra coisa. Abafa o caso!

FLAGRA – Night dessas aí, vindo da casa da minha namorada, a gostosona da Nilza, flagrei aquele conhecido Don Juan ali na Magalhães... Pinto, na maior prosa com uma daquelas meninas de pinto. Será que tava combinando o preço do programa ou estava perdido e pedindo uma informação? Hãram, sei, então tá bom, viu canoa?!

BLÁ blá blá abobrístico feito dia desses ai pelo motorista da prefê, Adãozinho Mentira, e que merece registro: “Karoba, depois que inventaram os cemitérios, os mortos passaram a viver melhor”. Boing!!!

DEBUT – Na minha escrivaninha de trabalho, o gentil convite do casal VIP (by Very Important Pobry) Nestor Caçarola & Nilce Rolenga para o debut da sua linda filhota, Mariema Caçarola Rolenga, em sua residência, lá na Vila João Gordo. Thank’s, lá estarei em grande estilo!

TRILHA - Estava fazendo a coluna e tendo como fundo musical Astronauta de Mármore, interpretado pela banda Nenhum de Nós. Snift... lembrei-me de você...

NERVOSO – Político da região me abordou dia desses aí, porque eu fiz uma criticazinha á sua pessoa. Como o Peregras de guerra não é de levar desafora para casa, respondi no átomo da molécula: “quando eu te elogiei você nunca me agradeceu, mas bastou fazer uma critica para você apelar, né? Pois é, amigo, apelo perdeu”. Fui!

MORAL DA HISTÓRIA É...

A carpa

A carpa japonesa tem a capacidade natural de crescer de acordo com o tamanho do seu ambiente. Assim, num pequeno tanque, ela geralmente não passa de cinco ou sete centímetros -- mas pode atingir três vezes esse tamanho, se colocada num lago.
Da mesma maneira, as pessoas têm a tendência de crescer de acordo com o ambiente que as cerca. Só que, neste caso, não estamos falando de características físicas, mas de desenvolvimento emocional, espiritual e intelectual.
Enquanto a carpa é obrigada, para seu próprio bem, a aceitar os limites do seu mundo, nós estamos livres para estabelecer as fronteiras de nossos sonhos.
Se somos um peixe maior do que o tanque em que fomos criados, em vez de nos adaptarmos a ele, devemos buscar o oceano -- mesmo que a adaptação inicial seja desconfortável e dolorosa.
Pense nisto. Existe um oceano esperando por você.


VOCÊ SABIA QUE... (Separados no Nascimento)










RAPIDINHA & CRETININHA

Ao avistar um bebê caindo de um prédio, a bichinha que andava calmamente pela rua desperta do seu torpor e corre para socorrer a criança.
Ainda ofegante, com o nenê entre os braços ela vê bem à sua frente um rapaz alto, forte e musculoso.
— Puxa, estou emocionado — diz o rapaz. — Parabéns! Que reflexo!
Ela joga o bebê no chão e diz, passando as mãos nos cabelos:
— Gostou? É Wellaton!

MUSAS DO KAROBA - MORENISSIMAMENTE, a atriz RAQUEL FUINA





RAPIDINHA & CRETININHA

Joaquim combina com Manoel para irem tomar cerveja em um bar. Ao telefone, eles conversam.
— Como é o nome do bar? ... Como? ... Eu não sei onde é que fica, ó Joaquim.
— É bem aqui na Rua da Porta Baixa, ó Manoel. ... Não tem erro. É só perguntar, afinal de contas, quem tem boca vai a Roma. ... Combinado. ... Te espero às oito.
Às oito em ponto lá está Joaquim esperando Manoel conforme combinado. O tempo passa e, já de madrugada, o telefone celular de Joaquim toca. É Manoel.
— Eu me perdi, ó Joaquim.
— Mas eu não te falei onde fica o bar, Manoel? Se não sabes onde fica é só perguntar, ó pá, pois quem tem boca vai a Roma.
— E de onde é que tu pensas que eu estou a falaire?


////////////////////////////////////

ABRAÇOS

FINALIZANDO A coluna desta sexta-feira de meu Deus, abraços para Sófia Gregori, Altivo José Pinheiro dos Reis, Anna Vitória Leão, Pepeu Gomes, Leila Brito, Tico Lopes, Luciana Maia Costa Lima, Ildeu Braúna, Amelina Chaves, Capitão Paulo Veloso, Baby Consuelo e Joaquim Tiziu. Segunda-feira que vem tem mais. Bye!

////////////////////////////////////

GRAN FINALE

“Para muitas pessoas, a felicidade é semelhante a uma bola: querem-na de todo jeito e, quando a possuem, dão-lhe um chute.”