terça-feira, 23 de março de 2010

MANCHETE DO DIA

“LIGAÇÕES PERIGOSAS: OI TIM, você ainda está VIVO? CLARO!”

PEREGRINO GOSTOU & PEREGRINO NÃO GOSTOU


PEREGRINO GOSTOU – DE saber que o Troféu Bola Cheia homenageou na segunda-feira passada, o ex-craque do Galo e da Raposa, Procópio Cardoso. Mercedidíssimo!!
PEREGRINO NÃO GOSTOU – DAQUELES motoqueiros que pilotam pelo meio da pista e não pelo canto, atrapalhando os motoristas. Depois que morre ainda reclama, né?!

AMOR MAIS DINHEIRO É IGUAL A CHIFRE


CRUZ MASTRUZ, QUEM sair por último apaga a luz! Dia desses aí encontrei com a minha vizinha, a suculentíssima Fatão (by nome fictício), uma morenaça de responsa e parar o Quarteirão do People e adjacências, com bocão, pernão, peitão, bundão e tudão de bão, que está de cacho com Roxano (by nome fictício), que além de ser mais branco que a bunda do Faustão, é mais feio do que uma briga de foice numa cisterna escura. Pois é, mas o cara é fora da paia, deu carrão do ano, um AP todo mobiliado e um cartão sem limite para Fatão, como é que ela não se apaixona pelo “mocro”, não é mesmo? Ou seja pessoa, o cara é mais feio que o Feio do Picolé, mas peida de tanto ter dinheiro. Pois é, mas como eu desconfiava que tanto amor assim tem haver com interesse, resolvi fazer as vezes de detetive. E la fui eu seguindo a Fatão num desses meus girolês noturnos e acabei a flagrando no maior love com o seu primo que é além de ser um pobrão demarrré dê si, grita na preguiça. A única coisa que o primo pobrão de Fatão faz é marombar na academia (by lógico que quem paga a mensalidade é a Fatão). Como eu não tenho nada com o chifre alheio preferi passar um zíper na minha bocona karobana de plantão. Cada um com os seus problemas e os seus chifres, não é mesmo?
C’est l avie!!

O coleguinha Arthur Júnior com a dupla revelação da música sertaneja no Norte de Minas, Gil e Erick

E na primeira edição do Baião de Dois do Karoba, em maio de 2004, os velhos Reinine Canela e Coró Barbosa (by e botam velhos nisso) com Flor Teixeira e Jaqueline Canela marcaram presença. Alegria alegria!!!

TEIAS & COSTURAS


PENSAMENTOS – Parem o mundo e chamem o Gastão! People, eu queria ser bonito como a minha mãe diz que sou, ter tanto dinheiro como algumas pessoas pensam que eu tenho e ter muitas mulheres como a ex-mulher, a Tribufu Ricarda, fala. Fui!

COQUELUCHE – E na city, está uma verdadeira coqueluche de algumas figuras querendo converter as bibas em heteros. Um desperdício, não é mesmo?!

ESTATUTO – Diante de alguns crimes de adultos praticados por menores, eu penso que está mais do que na hora do Congresso Nacional se reunir para realizar significativas mudanças no Estatuto da Criança e do Adolescente. É o que eu penso!

BLÁ blá blá abobrístico feito dia desses aí pelo capa de revista Eliezer Cruz e que merece registro: “Karoba, amanhã é sempre o dia mais ocupado da semana”. Bleiiiiim!

BARULHO – Chegaram aos meus atentos ouvidinhos que a avenida mais barulhenta da city, é a Avenida dos Militares, onde os donos de bares e os DJ com seus carros improvisados de mini-trios elétricos ligam o som no último volume. Para quem interessar possa, o Quartel da the Police fica localizado na avenida. Tiske, tiske, tiske...

SOCIAL – Atenção área social da terra de Figueira, vamos cuidar dos nossos adolescentes. Vamos fazer uma vigília permanente em alguns pontos da city, onde podem ser vistos menores se prostituindo. Acorda dona prefê!!!

BARTIMEU – O coleguinha Arthur Júnior que também ataca nas artes cênicas, anunciando para o dia 2 de abril, sexta-feira da Paixão, às 19h30, na Igreja Metodista de Montes Claros, no Bairro de Lourdes, a apresentação da peça teatral “Bartimeu, o Cego de Jericó”. Texto adaptado por Arthur Júnior a partir das Sagradas Escrituras. Vale a pena conferir!!

IMPACTO


“Nenhum lugar é mais seguro do que estar nas mãos de Deus.”

A VIDA COMO ELA NÃO É...

O JOVEM MUITO TÍMIDO

BOM - Um jovem rico, mas muito tímido, casou-se com uma moça muito bonita e de boa família. À noite foram para a cama e a noiva esperava que ele fizesse aquilo que todos os casais fazem na noite de núpcias.

RUIM - E não aconteceu nada, nem sequer um beijo. Nada!

PÉSSIMO - No dia seguinte a esposa foi à casa da mãe chorar a situação.
— Que é que aconteceu de ruim, minha filha? — pergunta a mãe.
— Ele não fez nada, mãe! Ensinei-o como devia fazer, ajudei-o e nada!
— Espera minha filha que eu vou resolver isso.

PIOR - A sogra foi até a casa e falou para o genro:
— Minha filha está reclamando que você não agiu como um marido com ela ontem à noite.

PIOR AINDA - O genro ficou quieto e a sogra continuou:
— Você não sabe como é que fazem os cães? É isso que você tem que fazer, igualzinho como um cachorro faz! Então logo a noite você faz com a minha filha como os cães fazem com as cadelas, e tudo vai correr bem!

TRAGÉDIA - No dia seguinte, a filha voltou a procurar a mãe e chorava mais que no dia anterior.
— Mãe, não sei o que você disse para o meu marido, mas ele ainda foi pior que na noite passada.
— O que é que ele fez? — pergunta a mãe.
— Ele tirou a roupa, tirou a minha roupa, me cheirou e depois foi mijar contra o armário do quarto.

MUSAS DO KAROBA


A Mona Lisa MEGAN FOX

RAPIDINHA & CRETININHA


Numa festa, o anfitrião aborda um convidado:
— Aquela senhora que está cantando ao lado do pianista é minha mulher!
— Como?
— Aquela senhora que está cantando ao lado do pianista é minha mulher!
— O quê?
— Aquela senhora que está cantando é minha mulher!
— Fala mais alto que tem uma velha cretina cantando e eu num tô ouvindo nada!

QUEM LÊ A COLUNA


O casal GENÉSIO & MARISA TOLENTINO é leitor assíduo da coluna e karobano de carteirinha. Presença garantida na 7º Baião de Dois do Karoba, dia 22 de maio, no Clube da Area. Içá!!

ABRAÇOS


FINALIZANDO A COLUNA desta terça-feira, abraços para Tenente Bucão (by 55º BI), Sílvia Magalhães, Antônio Botelho dos Santos, Silvana dos Reis Cardoso Amorim, Peter Fonda, Thaís Maia, Rilson Santos, Lu Lopes, Geraldo Cardoso de Almeida, Raquel Weisz e Satriu. Quarta-feira tem mais. Bye!

GRAN FINALE

“A infidelidade e a devolução de um cheque surgem da mesma coisa: falta de cobertura.”