quarta-feira, 16 de junho de 2010

MULHERADA COBRE O OSSO EM VALENTÃO


SANTA LEI MARIA da Penha, Batman! Bafom que a minha confidente fiel com trânsito livre na high, med e baich society, Chiquinha Bafonilda, me contou e que merece registro. Segundo ela, Rosileno Chicrete (by nome fictício) sempre que chegava em casa depois das suas apoteóticas farras e torto na manguaça, arruma uma presepada para brigar com a esposa. Como não poderia deixar de ser, humilhava a coitada e não contente ainda aplicava uma surra de cinto. O mulherio da vizinhança sempre conferindo aquela cena, tomou as dores e comprou a briga contra o manguaceiro metido a valentão e armadas de frigideiras, vassouras, panelas e outras coisitas mas, entraram na casa e aplicou-lhe uma surra. O valentão saiu correndo desesperado pelas ruas do bairro e o numero de mulheres que o perseguia só aumentava e por pouco, mas muito pouco mesmo, ele não seria linchado, se um morador não tivesse o abrigado em sua casa e pedido para que a mulherada parasse com o ataque. Resumo da ópera, o valentão ficou de molho mais de uma semana e não deu as caras na rua por quase dois meses, com medo de ser atacado novamente pelas mulheres. Depois desta surra, nunca mais Rosileno Chicrete encostou a mão da esposa e nem bebendo está mais. Segundo Bafonilda, ele até se converteu e está freqüentando uma igreja evangélica.
Saída pela esquerda!

Nenhum comentário:

Postar um comentário