quarta-feira, 7 de abril de 2010

A VIDA COMO ELA NÃO É...

O papagaio e a calcinha

BOM - Uma baianinha, antes de ir para seu cursinho pré-vestibular, passava por uma rua que tinha um papagaio em cima do muro.

RUIM - Um dia, quando ela passava por essa rua indo a caminho do curso, o papagaio grita:
- Baianinha tá de calcinha preta!

PÉSSIMO - E, por incrível que pareça, o papagaio acerta na mosca. A menina continua e pensa que foi apenas um golpe de sorte.
PIOR - No outro dia, indo de novo, o papagaio grita mais uma vez:
- Baianinha tá de calcinha branca!
Novo acerto e dessa vez a menina fica meio assustada com a situação, mas acha que o papagaio tarado teve sorte novamente no palpite.

PIOR AINDA - No terceiro dia, no mesmo trajeto, o papagaio denuncia:
- Baianinha tá de calcinha vermelha!
Ela dessa vez FICA indignada com a adivinhação do papagaio.

SACANAGEM - No outro dia, resolve sair sem calcinha, só pra testar.
O papagaio não falha:
- Baianinha tá de calcinha cabeluda!

TRAGÉDIA - Irritadíssima, ela toma uma decisão drástica. No dia seguinte passa sem calcinha e depilada.
Vai passando, e o papagaio não diz nada.
Ela já ia virando a esquina, crente de que havia tapeado finalmente o penoso, quando ouviu o grito:
- Êiii, baianinha!
Ela se volta, impaciente:
- O que é papagaio?
- Passou no vestibular, foi???

Nenhum comentário:

Postar um comentário