domingo, 7 de março de 2010

RECORDAR É VIVER


TEATRO – O ano, 1988, e o espetáculo encenado pelo Grupo Teatral Cem Nome foi o MARIDO GRÁVIDO, texto e direção de Eduardo Brasil. Na foto, o elenco se misturou com amigos. Em pé – Marise Fagundes, Mauro Lúcio, Lirz, Soninha & Eduardo Brasil, Cléia, Aroldo Pereira, Pitucha, Wandaick Santos e Robson Nascimento. Sentados – Arthur Júnior e Lu

Nenhum comentário:

Postar um comentário