terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

TRIÂNGULO AMORO EM PÉ DE GUERRA

FUTRICA TRICA QUEM Cochicha o rabo espicha! Confusê dos diachos que a minha confidente fiel com trânsito livre na high, med e baich society, Soninha Calamidade, me contou e que merece registro. Segundo ela, a Rosalina Margarida foi surpreendida night dessas aí, em conhecido point do suburby, freqüentado pela galerinha morena da city, quando descobriu que o seu noivo estava no maior selão com a sua prima. Decepcionada e diante da cena, Rosalina Margarida fez questão de abordar o casal jogar a aliança fora, dá um tabefe no noivo e uma cusparada na cara da prima. O casal ficou ali paralisado igual estatua e Rosalina limpou aquela lágrima crocodilana isolada que descia pela fronte, pediu uma babadinha com licor de pequi, com torresmo, pagou a conta, saiu do bar, entrou no seu carro e foi embora. Resumo da ópera, Rosalina Margarida que é dona de uma empresa de peças íntimas, cujo o ex-noivo era o seu gerente e a prima funcionária, no day after, fez questão de demiti-los ao vivo e a cores.
Virge!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário