quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

HOROSKAROBA


ARIES – Lembre-se ariano, a mão é a melhor amiga do homem solitário. COR DO DIA: Verde ai que loucura.

TOURO – Atenção taurino(a): corno é igual a botijão de gás, a casa que não tem um tem dois. COR DO DIA: Cuidado com o chifre compadre Belarmino.

GÊMEOS – O(a) geminiano(a) não quer saber quem morreu, ele quer é a(o)
viúva(o). COR DO DIA: Cinza gritando na usuração.

CÂNCER – Olha aqui canceriano, tudo que você tem, você deve a sua mãe. Ela, inclusive, já entrou na justiça para tentar receber alguma coisa. COR DO DIA: Preto me erra ó.

VIRGEM – O seu complexo de inferioridade é tão grande, mas tão grande, que provavelmente é o menor do mundo. COR DO DIA: Amarelo ferido de micróbio.

LIBRA – Libriano, diga sempre para você mesmo que é o máximo. Ora, e isso, vindo de quem vem, é um grande elogio. COR DO DIA: Roxo ai que chatura sinhô!

ESCORPIÃO – Escorpiano, você ama tanto o dinheiro, mas não é correspondido. COR DO DIA: Vermelho cadê um I love para ser feliz?

SAGITÁRIO – A bola astrológica do Horoskaroba revela que um homem deve ser feio, forte e formal. Pra você, sagitariano, só falta ser forte e formal. COR DO DIA: Branco coisinha feia do pai.

CAPRICÓRNIO – Capricorniano, ao contrário da pontualidade, nunca é tarde demais para se atrasar. COR DO DIA: Lilás me amarrota que eu tô passada.

AQUÁRIO – O maior defeito do aquariano é ser modesto demais. Se eu não fosse tão modesto ele seria perfeito. COR DO DIA: Rosa que bicha afetada.

PEIXES – Caro pisciniano, se tudo que aparece no seu caminho vem em sua direção... saia da contra-mão. COR DO DIA: Bonina sonha Alice.

Nenhum comentário:

Postar um comentário