segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

COISAS IRRITANTES DO DIA-A-DIA – PARTE I

PAREM O MUNDO que eu quero descer! Este colunista brega, chique, cultural e etecetera e tal enumerou algumas coisas que considero irritantes e aproveito a oportunidade de apresentá-las. Confira
- Não existe coisa mais irritante do que você chegar no posto de gasolina, desliga o motor, tira a chave da ignição e até desce do carro, quando vem o frentista FDP e diz que aquela bomba é só para pagamento a prazo, ou que não funciona. Humpft
- O que dirá então daquelas pessoas que perguntam "hã?" ou "oi!?" antes mesmo de você terminar de fazer uma pergunta, dando a entender que não ouviram direito o que você estava perguntando, mas quando você começa a repetir a pergunta a pessoa o interrompe para dar a resposta. Afe!!
- E Filho de vizinho chorando, hein? (by como eu sempre digo, filho é como peido: cada um só suporta o seu!)
- Me amarrota que eu to passado com aquelas pessoas que têm a voz finiiiiiiiiinha, parecem um marreco que acabou de levar um baita pontapé nas penugens, e fazem questão de conversar bem pertinho da sua orelha. Me erra!
- Tem ainda aquelas imbecis que te fecham no trânsito e depois dão um sorrisinho, fazendo sinal de positivo com o dedo - Por que não pega esse dedo e enfiam no... nariz?
- Esta é tradicional, metidinhos da city que rabiscam o ar com caneta invisível, quando se pede a conta ao garçom. Oh, antipatia!
- Tem ainda aquele tolemado que faz questão de te acorda dando um susto idiota, tipo gritar “pôu!” Tiske, tiske, tiske...
- E sobre as pessoas terem que se beijar, quando nem se conhecem... Vá dar beijinho na mulher do Frankstein vai... Credo!
- Para finalizar a primeira parte, tem o gran finale que está relacinado aos guardas de trânsito que ficam "observando" o movimento da estrada, e que com isso fazem todo mundo ficar com medo e então transitam a 40 km/h.
Saída pela esquerda!

Nenhum comentário:

Postar um comentário