quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

COISAS ESTRANHAS QUE EU ACREDITO

PIPIPITI PIPITI POW! Resolvi enumerar algumas coisas estranhas que parecem ficção, mas que eu acredito. Eu tenho certeza que você também acredita. Confira:

- Que nós temos um outro sentido (by sexto ou sétimo, sei lá) que a gente acha que não usa...
- Desconfie daqueles que só seguem ordens ou seus instintos, coisas igualmente perigosas porque você não usa o cérebro para nenhuma decisão e tem em quem colocar a culpa se algo dá errado;
- Que dá pra manipular as pessoas subliminarmente.
- Acho que estou fazendo isso agora. Hein?!
- Pessoas genuinamente burras e inocentes gostam de parecer mais espertas do que são realmente;
- Que o bem e o mal são as mesmas coisas vistas de pontos diferentes e que tudo tem os dois lados. Pois é, pois é, pois é...
- Que a sorte é apenas uma boa análise dos fatos somada a escolha certa (by é... pode ser.)
- Que podemos prever as coisas que vão acontecer se prestarmos muita atenção nos detalhes (by já fiz isso várias vezes mas nunca deu certo. Sempre aconteceu o contrário) Que todo mundo é capaz de alcançar qualquer coisa e que o maior parceiro de um homem é a sua autoconfiança (by hehehehehe... Sonha Alice)
- As pessoas mais inseguras são as que gritam e ameaçam mais;
- Que toda relação (sem exceção) é uma troca de interesses e que a quantidade de amor é relativa ao valor que o que é trocado tem para os relacionados.
- Você pode dizer que não se importa com o corpo, mas emagrecer o bastante para acabar com a pança e ficar bem é simplesmente ótimo;
- Que as pessoas decidem a hora de morrer, não quero dizer que elas marcam uma data, mas que todo mundo tem a oportunidade de morrer a cada segundo e sempre escolhe a vida, só que vai chegar numa hora que vai se mais confortável optar pela morte.
- Que nós somos muito mais inconscientes do que conscientes (by isso é verdade, principalmente se levarmos em conta as atitudes do Boca, o PG, Sidoleta, o Titão e o Frank ).
- E o gran finale: se você vai trabalhar em um lugar e NINGUÉM fala sobre dinheiro, talvez não seja um bom lugar;

Nenhum comentário:

Postar um comentário