terça-feira, 19 de janeiro de 2010

A VIDA COMO ELA NÃO É....


As marmitas

BOM - Um irlandês, um mexicano e um português estavam trabalhando na construção de um edifício de 20 andares.

RUIM - Eles começaram a abrir suas marmitas para almoçar e o irlandês disse, irritado:
- Bife com repolho de novo! Se eu abrir essa maldita marmita amanhã e encontrar bife com repolho me jogo desse prédio!

PÉSSIMO - O mexicano abriu sua marmita e gritou:
- Burritos de novo! Se amanhã meu almoço também for burritos, me jogo daqui!

HORRIVEL - O português abriu a sua e disse:
- Sardinha de novo! Se meu sanduíche amanhã for de sardinha de novo, me jogo também!

DETESTÁVEL - No dia seguinte o irlandês abriu sua marmita, viu o bife com repolho e pulou para a morte.

ANTIPATIA - O mexicano abriu sua marmita, viu os burritos e pulou também.

PIOR - O português abriu o sanduíche, viu que era de sardinha e também se jogou do prédio.

BEM PIOR - No enterro, a mulher do irlandês chorava sem parar, dizendo:
- Se eu soubesse o quanto ele estava cansado de comer bife com repolho, eu nunca mais teria posto na marmita dele!

PIOR AINDA - A mulher do mexicano também chorava:
- Eu poderia ter feito tacos! Não percebi o quanto ele estava odiando comer os burritos!

TRAGÉDIA - Todos se voltaram e olharam para a esposa do português:
- Ei, nem olhem para mim. Ele sempre fez seu próprio almoço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário