terça-feira, 5 de janeiro de 2010

RAPIDINHA & CRETININHA

Ontem, minha esposa e eu estávamos sentados na sala, falando sobre a vida e a morte. Então, eu lhe disse:
- Meu bem, nunca me deixe viver em estado vegetativo, dependendo somente de uma máquina e líquidos. Se você me vir nesse estado, desligue tudo o que me mantém vivo, por favor!
Ela se levantou, desligou a televisão e jogou minha cerveja fora.
Não é uma fidumaégua?

Nenhum comentário:

Postar um comentário