quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

COISAS QUE PRECISAMOS DENUNCIAR





SORRIA PERIFERIA! NOS meus girolês diários pelos pontos em voga da city, tenho conferido algumas situações inusitadas que por falta de coragem em denunciá-las, elas continuam acontecendo. Por exemplo, tem coisa pior do que você ir ao supermercado ou padaria e por falta de troco a caixa te dar balinhas? Ou pior, vai a uma festa ou no mercado fazer feira e aparece um flanelinha pedindo uma grana para olhar o seu carro, sob a pena de se você não dá, um deles pode arranhar o seu carro? Quer mais, e o que fazer com aqueles tolemados que ligam os sons dos seus carros com não sei quantos decibéis de potência, com aqueles axéchatissimos, pancadão com duplo sentido ou tecnobrega bem na porta da sua casa, tendo como acompanhantes algumas piriquetes que ficam rebolando e fazendo a dança da garrafa (by todo(a)s torto(a)s na manguaça? Pior são os donos de bares que permitem que os donos dos carros liguem o som. Ainda sobre os bares, tem aqueles donos que colocam mesas e cadeiras nas calçadas e impedem o trânsito dos pedestres. E ninguém merece ciclistas e motociclistas andando em cima das calçadas e colocando em risco a vida dos pedestres. Pois é, como essas coisas continuam acontecendo diariamente e ninguém denuncia, já se transformou em coisonas e os seus protagonistas continuam fazendo sempre e tanto, pois têm a certeza que não serão punidos, pois ninguém tem a coragem de denunciá-lo.
E assim caminha a humanidade!

Nenhum comentário:

Postar um comentário